Capitolio


IRB registra 1º lucro semestral desde 2019

16 de agosto 2023 Paulo Araripe Jr.

A companhia fechou o intervalo de abril a junho com lucro líquido de R$ 20,1 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 475,6 milhões um ano antes

Os resultados do segundo trimestre de 2023 mostram que o período mais difícil, marcado por seguidos prejuízos líquidos, tornou-se página virada para o IRB (Re), nova marca do antigo IRB Brasil Re. A companhia fechou o intervalo de abril a junho com lucro líquido de R$ 20,1 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 475,6 milhões um ano antes.

O sinal positivo do balanço é que, diferentemente de 2022, quando o ressegurador registrou lucro no primeiro trimestre, mas fechou o semestre com prejuízo de R$ 292,9 milhões, a primeira metade de 2023 se encerrou com a última linha do balanço acumulando um lucro líquido de R$ 28,7 milhões, com os dois trimestres no território verde. Na comparação trimestral, o lucro do segundo trimestre veio 57% acima dos primeiros três meses do ano.

O CEO e diretor de relações com investidores do IRB (Re), Marcos Falcão, afirmou, em entrevista ao Valor, que, a partir dos próximos trimestre, o ressegurador vai entregar resultados “monótonos”. O termo, longe de ser algo negativo, significa que, na perspectiva da cúpula do grupo, trata-se de um momento no qual a empresa vai passar a entregar resultados mais previsíveis e uma rentabilidade crescente, mas sem grandes sustos.

Veja mais

Autor: Sérgio Tauhata
Referência: Valor Econômico