Capitolio


50 anos seguros

10 de fevereiro 2021 | José Carlos Oliveira

Hoje, 10.02.21, completo 50 anos de trabalho e 50 anos de seguros.

Não são 50 dias, não são 50 meses, são 50 anos.

É verdade, comecei cedo e tenho muito orgulho disso.

Quando temos 15 anos e alguém nos leva a trabalhar, como aconteceu com meu tio e padrinho na Santa Cruz Seguros, não tinha a mínima ideia do que a vida me proporcionaria, qual seria o meu futuro e o meu destino.

Começar como Mensageiro e em poucos meses ser transferido para o Departamento Pessoal e Almoxarifado, numa época que carteira assinada e casa própria eram conceitos de prosperidade, me davam um aceno e esperança muito grandes.

Aos 18 anos, fui convidado para a área Técnica de Transportes e aos 20 já era Encarregado desse Setor, o gosto pelo desafio e pelo aprender sempre foi marcante em minha vida, e um pouco mais tarde assumi a Operação de todos os ramos.

Vocês podem imaginar o que isso representava para um jovem, naquela altura da vida.

Finalmente aos 32 recebi um convite para a Marítima, uma companhia que todos gostavam, tinha muita representatividade e presença juntos aos corretores, numa estrutura familiar bastante calorosa, que me fez permanecer por 25 anos, sendo 19 como Diretor, no começo como Técnico/Operações de todos os ramos e depois

focado no Automóvel, até 2013, quando saí da empresa deixando uma equipe de 182 colaboradores na Área.

Nesse período fiz parte de uma equipe fantástica, onde entre outros, em 1992 criamos o produto Auto Mensal, ganhador de inúmeras premiações no mercado e que alavancou a carteira de Automóvel da companhia.

Não tínhamos a tecnologia que temos hoje, nem os recursos, mas tínhamos raça, criatividade e o desafio de fazer a seguradora crescer e buscar novos parceiros. Os corretores sempre foram prioridade, a empresa foi muito reconhecida por eles, quando não havia sistema, as entregas eram feitas na mão, e podem acreditar, funcionavam muito bem.

Foram várias participações no mercado, membro da Comissão de Seguros Transportes do Sindicato das Seguradoras na década de 80, Diretor de Eventos na APTS, membro da Comissão de Seguros Automóvel da FENSEG por mais de 15 anos, incluindo alguns trabalhos em Subcomissões e muitos Eventos e Seminários como palestrante, trabalhos que me enriqueceram e que foram de grande aprendizado.

Ainda em 2013 iniciei uma nova etapa, quando pude constatar que havia vida lá fora e que para minha saúde e qualidade de vida, poderia ser um mundo melhor.

O seguro já estava impregnado na mente, na pele e principalmente no meu coração, após duas consultorias em corretoras, percebi que havia um outro desafio pela frente, onde peguei muito gosto e fiquei encantado pela nova missão.

Hoje sou Diretor Proprietário da JC Corretagem de Seguros e Associado Asteca Corretora, posso dizer que sou feliz e realizado, também como corretor.

Quantas oportunidades o mercado nos oferece, quantos projetos diferentes, quantas formas de usar a experiência adquirida ao longo dos anos, e principalmente, como é bom e gratificante transferir conhecimento aos mais jovens, de todos os níveis, de clientes a parceiros, e porque não dizer das próprias seguradoras.

Nesses 50 anos o mercado mudou muito, e deveria talvez mudar ainda mais, mas faço aqui uma reflexão, temos investimentos gigantes em tecnologias de sucesso, porém as pessoas estão sendo um pouco esquecidas, os profissionais são necessários e muito importantes, sem eles tudo fica mais difícil.

Quero registrar também a figura do corretor de seguros, peça fundamental para o desenvolvimento desse mercado, em todos os segmentos.

Espero que essa mensagem seja entendida e absorvida principalmente pelos mais jovens, trabalhem e plantem muito, porque amanhã os frutos virão com naturalidade, e junto com isso o prazer e a certeza de que tudo vale na vida e haverá retribuição lá na frente.

100% SEGURO para os próximos 50 anos, ou talvez um pouco menos, mas sempre pensando no futuro e em ser um bom profissional, mas acima de tudo, um cidadão e uma pessoa melhor.