Capitolio


Diretora da CNseg destaca relevância do “Concurso ENS/PUC-Rio de Artigos Acadêmicos em Seguros”

09 de novembro 2021 | CNseg

A Diretora-Executiva da CNseg, Solange Beatriz Palheiro Mendes, destacou a relevância do lançamento do “Concurso ENS/PUC-Rio de Artigos Acadêmicos em Seguros”, que une a Escola de Negócios e Seguros (ENS) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) em favor da promoção de conhecimento e da educação em seguro. “Essa iniciativa contribui para incrementar a difusão da cultura securitária no País, elevar a produção acadêmica disponível sobre esse importante segmento econômico e ampliar o número de especialistas e estudiosos com notório saber sobre o mercado segurador”, assinalou ela.

Segundo Solange Beatriz, “a participação acadêmica na reflexão de seguros é importante por contribuir para o melhor entendimento sobre a abrangência e a relevância socioeconômica desse importante segmento que, em todo o mundo, é multidisciplinar, global e envolve profissionais de várias áreas de conhecimento”.  E afirma: “A educação formal continuada, com as contribuições que podem surgir a partir do concurso ENS/PUC, é primordial para o maior dinamismo, abrangência e inovação do mercado segurador, de enorme relevância econômica e social para o país, mas desconhecido por boa parte da população.”

Com abrangência nacional e voltado a pesquisadores – ligados ou não a programas de pós-graduação –, o concurso da ENS/PUC-Rio, lançado esta semana, mira papers de cunho teórico e estudos de caso ou bibliográficos, desde que sejam inéditos (não publicados em revistas científicas ou em livros) e não tenham sido inscritos em outros concursos.

Os trabalhos deverão abordar um dos subtemas previstos nas quatro categorias do concurso, que, como forma de homenagem, receberam o nome de importantes personalidades do setor: “Regulação do Mercado (Prêmio Marco Antonio Rossi)”, “Direito do Seguro e Resseguro (Prêmio Robert Bittar)”, “Tecnologia e Inovação em Seguros (Prêmio Andrea Levy)” e “Capitalização” (Prêmio Mário Petrelli).

Solange Beatriz elogia também os esforços de outras instituições em prol do conhecimento contínuo e qualificado sobre o seguro, previdência privada, saúde suplementar, capitalização e resseguros, por considerar que tal mobilização é estratégica para o desenvolvimento sustentável do setor segurador.  Como exemplos, cita o Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros – promovido pela Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor) e ENS, com apoio institucional da CNseg, o 1º Prêmio Susep de Pesquisa em Seguros, além do Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros.

Para a Diretora-Executiva da CNseg, em virtude de sua complexidade, o seguro é comparado por muitos a uma ciência e depende, cada vez mais, de informações qualificadas e novos estudos para avançar na proteção da sociedade, a partir de oportunidade de maior acesso às coberturas e melhor entendimento entre direitos e deveres entre as partes envolvidas.