Capitolio


Sinistralidade explode

15 de dezembro 2021 | Capitolio Consulting

Estudo da Capitolio aponta que a sinistralidade do mercado no 3º trimestre de 2021 atingiu a “incrível” marca de 85,8%, o que corresponde ao maior índice desde 2002.

A análise comparativa entre os terceiros trimestres (2020 x 2021) foi feita com 655 empresas e a sinistralidade se comportou da seguinte forma:

Acima de 100% – 55 empresas (8,4% do total)

Acima de 90%, até 100% – 87 empresas (13,3% do total)

Acima de 80% até 90% – 195 empresas (29,8% do total)

Acima de 75,9% até 80% – 104 empresas (15,9%)

Acima de 75% até 75,9% – 12 empresas (1,8%)

Até 75 % – 202 empresas (30,8% do total)

Dados relevantes

Verificou-se que para o nível de sinistralidade inferior a 75% (considerado o máximo ideal) houve um grande decréscimo de empresas situadas neste patamar, passando de 69,4%, no terceiro trimestre de 2020, para 30,8%, no terceiro trimestre de 2021.

O quadro do terceiro trimestre de 2020 apresentava apenas 26,3% das empresas da amostra com sinistralidade acima do percentual máximo desejado. No terceiro trimestre de 2021, a situação piorou, e muito, com 67,3% das empresas com índices acima do desejado.

Destaques positivos:

54 empresas (8,2% da amostra) conseguiram reduzir a sinistralidade do 3º tri de 2020 para o 3º tri de 2021, embora 12 delas estejam com sinistralidade acima de 80%.

Destaques negativos:

573 empresas, 87,5% da amostra, tiveram seus índices de sinistralidade aumentados, no terceiro trimestre de um ano para outro.