Capitolio


O que esperar de 2021

25 de novembro 2020 | Ivan Gontijo

Quais as tendências da empresa e do setor para 2021?

O cenário continua sendo desafiador, mas estamos otimistas e percebendo sinais de melhora, pois o setor tem respondido com resiliência e apresentado bons resultados. O mercado segurador demostra que segue firme na recuperação dos produtos ofertados, contribuindo positivamente para um melhor cenário econômico através da proteção de bens, empresas e famílias. Com a retomada das atividades, a sinistralidade será maior do que a observada nos últimos períodos. Como indicado, em Saúde, temos a volta dos procedimentos adiados no período da pandemia, além da própria dinâmica dos sinistros relacionados à Covid-19, cujo preço final é maior que o mix típico de sinistro. Nos produtos de Vida, temos ainda a continuidade dos efeitos da pandemia, seja em mortes, seja em desemprego. No entanto, à medida que vamos retomando as vendas e estabilizando a operação, verificaremos a manutenção da melhora que vínhamos obtendo com a gestão dos serviços e da rede, negociações com nossos parceiros e outras frentes operacionais.

Vale mencionar que ainda há muitas incertezas sobre os próximos meses e saída da pandemia, até que haja progresso na produção das vacinas. O período de isolamento social nos mostrou novas formas de adaptação e exaltou a importância da qualidade nas interações. Para facilitar e simplificar o atendimento aos clientes, o Grupo segurador intensificou os investimentos em tecnologia e inovação visando à evolução de seus canais digitais. Com isso, queremos cada vez mais aperfeiçoar e dar continuidade a esse processo, investindo em treinamentos e capacitação para funcionários, corretores e parceiros do setor. O aprofundamento da transformação digital, além do cuidado com a eficiência operacional, são temas vitais. Permanecemos confiantes na retomada da economia em 2021, nos mantendo alertas e sensíveis às movimentações do setor de seguros e do mercado em geral.

Referência: Sonho Seguro